Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 E.C.Ypiranga - Site Oficial
 História do Futebol Baiano
 Confraria do Esporte
 Cidade do Futebol
 Blog do Juca Kfoury
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo
 CBF - Conf. Bras. de Futebol
 Portal Esportivo
 Federação Baiana de Futebol


 
ATAY - Associação dos Torcedores e Amigos do E.C.Ypiranga


Emerson Ferretti vai ser homenageado na Câmara Municipal de Salvador


Além de ser comentarista de Rádio e TV, gerente do Ypiranga, ex-ídolo de Bahia e Vitória, Emerson Ferretti vai ter mais um motivo pra comemorar. Na próxima quarta-feira (2), às 19h, ele será homenageado na Câmara Municipal de Salvador. Ferretti vai receber o título de Cidadão da Cidade do Salvador, requerida pelo vereador Adriano Meireles. Ferreti é gaucho e foi goleiro titular da equipe tricolor entre os anos de 2000 e 2005, sendo considerado o atleta que mais vestiu a camisa 1 do time. Já no Vitória, permaneceu por 1 ano, entre 2006 e 2007.


O E.C.Ypiranga parabeniza Emerson Ferreti



Escrito por ecypiranga@bol.com.br às 19h55
[] [envie esta mensagem] []



Brincalhona, incoerente e insensível


É realmente uma brincadeira o que a Federação Baiana de Futebol está fazendo, ao exigir dos clubes da capital, que vão se inscrever para disputar o Acesso em 2010, um laudo pericial afirmando que o estádio de Pituaçu reúne condições para que ali possam ser disputadas competições de futebol.


Além de brincalhona, incoerente, porque inteiramente reformado este ano, Pituaçu, utilizado pelo Bahia no Estadual, é a praça de esportes onde o clube manda seus jogos na Série B do Campeonato Brasileiro.


Mas não só brincalhona e incoerente, a entidade é também insensível. Num momento em que há uma perspectiva de se ter em Salvador e na sua Região Metropolitana, num futuro próximo, quatro grandes estádios – Fonte Nova, Pituaçu, Barradão e uma arena multiuso, a ser construída por empresários portugueses, em parceria com a dupla Ba-Vi – ela cria embaraços para a volta ao futebol profissional de agremiações tradicionais da Bahia, como Galícia, Ypiranga, Botafogo e Leônico.


Somente mais dois detalhes: R$ 12 mil é o custo do laudo pericial e R$ 10 mil é o preço da inscrição, cobrado pela FBF, para a disputa do Campeonato de Acesso.


Em compensação, sem qualquer critério, aceita inscrições de vários clubes de uma mesma cidade – para o ano, Bahia e Vitória vão praticamente disputar o Campeonato Feirense, com Fluminense, Bahia de Feira e Feirense – não se levando em conta a população, a massa torcedora, nem a quantidade de praças esportivas disponíveis.


Outra coisa: muitas destas agremiações surgidas recentemente e que se habilitam para concorrer ao Acesso ou são chapa branca, mantidas ilegalmente pelas administrações municipais, ou pertencentes a empresários, que utilizam o futebol sem qualquer comprometimento, visando exclusivamente a auferir lucros para seus investimentos.


Nada contra Feira de Santana, mas com o novo regulamento, permitindo a ascensão de dois clubes, e inexistindo qualquer limitação, nada impedirá, por exemplo, que o Astro e o São Paulo, ambos de Feira, conquistando o título e obtendo o segundo lugar no Acesso em 2010, se credenciem para o Campeonato Baiano (ou Feirense) de 2011. E aí?


Antônio Matos é jornalista e delegado de Polícia (Conselheiro do E.C.Ypiranga) -
amatosjr@ig.com.br 

Fonte: http://bahiaja.com.br/noticia.php?idNoticia=19957



Escrito por ecypiranga@bol.com.br às 07h33
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]